Quando decidimos viajar para a África do Sul, uma das primeiras referências foi a Cidade do Cabo. Modernidade e belezas naturais. Sofisticação e aventura. Mar e montanha. Contrastes que só deixavam a cidade ainda mais encantadora. A Cidade do Cabo é um dos destinos mais procurados na África e atrai turistas de vários lugares do mundo – inclusive, muitos brasileiros. Passamos a ter muita expectativa em relação à viagem, e quando víamos fotos, ficávamos ainda mais ansiosos.

Nossa viagem pela África começou pela Cidade do Cabo, inclusive. Chegamos em Joanesburgo e pegamos um voo diretamente para lá. No trecho do aeroporto até o hotel, já era possível avistar a Table Mountain. Mas esse era apenas um dos lugares que iríamos visitar e nos encantar. Ainda tinha muita coisa por vir…

V&A Waterfront

Fomos à região em nosso primeiro dia, na tentativa de visitar a Robben Island. Como o passeio para a ilha depende de fatores climáticos (condições do mar, que podem comprometer a navegação), não conseguimos fazer a travessia. Mas aproveitamos para sentir o clima do Waterfront – uma região portuária repleta de restaurantes, lojas de artesanatos locais e um shopping com diversas lojas. É também extremamente segura, contando com policiamento constante nas ruas. A Torre do Relógio, o shopping Victoria Wharf e a Roda Gigante são alguns dos lugares que se deve-se “obrigatoriamente” conhecer. Ahhh, sem esquecer que do V&A Waterfront é possível avistar a Table Mountain. Ou seja, um plano de fundo e tanto para as fotos batidas por lá 🙂

 

 

Cartão postal da Cidade do Cabo

 

Roda Gigante com uma vista fantástica

 

Torre do relógio e o acesso a Robben Island à esquerda

 

Xeque mate! 😀

 

Uma das entradas do shopping vista da roda gigante

 

Anúncio



Table Mountain

Acreditamos que não há uma palavra que possa definir a beleza deste lugar. A Table Mountain, com certeza, é um dos pontos altos (literalmente, rs) da Cidade do Cabo. O acesso ao parque é feito por meio de um bondinho. É só adquirir o ticket na bilheteria e aguardar sua vez de subir. Disposição para caminhar e aguentar o vento são algumas dicas que damos. E claro, contar com a sorte de que o tempo esteja aberto, sem nevoeiro, para que você consiga apreciar a vista. E que vista!! Um passeio que vale a pena!

 

Bondinho que dá acesso à Table Mountain

 

Montanha Lion’s Head vista do pé da Table Mountain

 

Uma das sete maravilhas naturais do mundo

 

Vista da região portuária

Cabo da Boa Esperança

Fizemos o passeio com a Detour – empresa que oferecia pacotes com traslados e almoço inclusos. Nossa primeira parada foi a Baía Hout, onde foi possível conferir algumas focas felizes nadando. Parece até que elas sabiam que estavam sendo filmadas/fotografadas!

No caminho para o Cabo da Boa Esperança, percorremos cerca de 6 km de bicicleta, onde pudemos contemplar o mar e encontrar babuínos pelo caminho. Sim! Babuínos! A caminhada de subida do farol demora alguns minutos, mas a vista impressiona. O encontro dos oceanos Índico e Atlântico e o mar azulzinho faz com que todo o esforço valha à pena. Tivemos a “sorte” de encarar chuva, sol e vento apenas na subida. O resultado de toda essa loucura climática? Um lindo arco-íris. Um passeio cansativo, mas inesquecível!

Dica! Fizemos um comparativo do valor pago no tour e uma simulação do uso de Uber ou aluguel de carro. Os preços ficaram bem parecidos. Então, sugerimos que analise a melhor opção para você. No nosso caso, o tour era para duas pessoas. Mas talvez em uma viagem em família, por exemplo, é mais vantajoso optar por alugar um carro.

 

Baía Hout

 

Oi! Foca na Cidade do Cabo! 😀

 

Pedalada selvagem

 

Farol do Cabo da Boa Esperança

 

Babuíno!

 

Encontro dos oceanos Atlântico e Índico. E de quebra um arco-íris

 

Avestruzes no caminho para o Cabo

 

O ponto mais ao Sudoeste do continente africano

 

Anúncio




 

Vinícolas da região

Nós somos apaixonados por vinho e já fizemos algumas viagens motivadas por essa paixão. Quando decidimos ir para África do Sul já sabíamos que a região era conhecida por produzir vinhos renomados. O passeio nas vinícolas seria uma oportunidade para conhecermos os rótulos e adquirir alguns deles, já que no Brasil, os vinhos sul-africanos apresentam um valor bem mais alto.

O tour pelas vinícolas é quase que obrigatório para quem gosta de vinhos. E afirmamos que foi uma das experiências mais compensadoras da viagem. Fomos em quatro vinícolas e degustamos de cinco a seis vinhos em cada uma delas! Além disso, aquele passeio guiado, com explicações sobre o processo de produção do vinho não aconteceu. Ou seja, já fomos direto para a melhor parte: a degustação 😀 Em uma delas, inclusive, foram oferecidos queijos deliciosos, que harmonizavam com cada um dos rótulos disponíveis.

 

Vinícola Fairview e suas cabras

 

Ótimos vinhos da Muratie

 

Cidade rodeada de montanhas – Franchhoek

 

Videiras em Franchhoek

 

Boulders Beach

A África do Sul é um destino extremamente versátil e oferece muitaaaas opções de passeios e uma grande diversidade natural. Você pode até mesmo visitar pinguins em uma praia. Isso mesmo! A Boulders Beach é uma praia que abriga pinguins durante todo o ano. São milhares deles que vivem ali, soltos e felizes na areia 🙂 Conhecemos a praia em nosso tour pelo Cabo da Boa Esperança. Mas é possível ir à praia de carro, por exemplo, saindo da Cidade do Cabo. Em aproximadamente uma hora você consegue chegar a Boulders Beach.

 

False Bay, no oceano Índico

 

Colônia de pinguins africanos

 

Posso ser útil em alguma coisa?

 

Two Ocean Aquarium

Um ótimo lugar para levar as crianças. Como não temos filhos, dividimos o passeio com uma turma de escola, haha. Incrível como o Two Ocean tem um forte apelo educativo. Além das diferentes espécies de peixes, águas-vivas, estrelas do mar e cavalo-marinho, há também pinguins! Arriscamos dizer que foi no Two Ocean Aquarium que saíram algumas de nossas melhores fotos. O contraste das cores dos peixes e aqueles aquários gigantescos, sem dúvidas, nos surpreenderam muito e favoreceram os registros.

 

Tubarão!

 

Lula direto das profundezas do mar!

 

Cavalos-marinho

 

Aquário gigante!

 

Por baixo do aquário

 

Tá dando onda!



Booking.com

6 motivos para se encantar com a Cidade do Cabo
Classificado como:                                                                                

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: