O Chile é o tipo de país que quanto mais a gente conhece, mais a gente se apaixona. Eu fui pra lá duas vezes (uma em 2016, na época de inverno, e no final do ano passado, no verão). Santiago esteve no meu roteiro nas duas ocasiões, sendo que nesta última vez fui na companhia da Francine. Foi uma cidade que me encantou já na primeira vez e nessa segunda não foi diferente. Por isso, se você pretende conhecer a capital chilena em breve, não pode deixar de conhecer esses locais que separamos abaixo. Tem opção gratuita, tours pagos, passeios gastronômicos… Dá uma olhada 😉

Plaza de Armas

Pode ser considerada o coração de Santiago, e é rodeada por prédios históricos. Entre eles destaque para o prédio dos Correios, com uma arquitetura diferenciada. O Museu Histórico Nacional, a Catedral Metropolitana e a Prefeitura de Santiago são outras edificações que podem ser vistas a partir da Plaza. Há também uma bela estátua em homenagem ao povo indígena que habitava a região. Ahh, e se você curte free tours, esse é o ponto onde irá encontrá-los 😉

Plaza de Armas
Correios
Estátua de Don Pedro de Valdívia

 

Anúncio



Catedral Metropolitana de Santiago

Também localizada na Plaza de Armas, a Catedral Metropolitana de Santiago é um espetáculo a parte. Considerada  um dos Monumentos Nacionais do Chile, possui um estilo neoclássico, com a estrutura construída em 1800. Arriscamos dizer que é uma das mais belas da América do Sul! Na igreja também estão sepultados figuras importantes na história chilena, além de bispos e arcebispos.

 

Catedral Metropolitana de Santiago
Detalhes de dentro da catedral

Museu Chileno de Arte Pré-Colombiana

Quer saber um pouco mais sobre a história dos antigos habitantes da América do Sul. É um dos museus mais importantes do Chile? Então você não pode deixar de passar por lá! No local podem ser encontrados itens de mais de 3 mil anos, vestimentas andinas, obras maias e astecas, além de múmias da cultura Chinchorro (uma das mais antigas do mundo). Esse museu é OBRIGATÓRIO na sua passagem por Santiago! 😀 A entrada custa em torno de R$25 e vale muito a pena!

Entrada do Museu
O objeto do lado esquerdo é um avião? #aliens
Arte da cultura local
Se não me engano, esse veio dos astecas ou maias
Arte da cultura local
Arte da cultura local
Arte da cultura local. #aliens
Múmia

 

Paseo Ahumada

É o calçadão mais famoso de Santiago e também um dos principais lugares para fazer compras em Santiago. Ele liga a Plaza de Armas à Avenida Libertador Bernardo O’Higgins – uma das mais importantes avenidas da cidade. Uma das ruas que cruza o calçadão é a Agustinas, conhecida por hospedar as principais casas de câmbio da cidade. – um ótimo lugar para trocar pesos!

Palacio de la Moneda

Construído ente 1786 e 1812, é a sede da Presidência da República no Chile. Na frente há uma praça onde os jovens aproveitam para se reunir e, muitas vezes, acontecem shows e apresentações teatrais. A troca de guarda é um espetáculo a parte, mas fique ligado com horários e datas. Também há como visitar o interior do palácio, mas você terá que seguir uma série de regras e se cuidar com os horários restritos.

 

Palacio de la Moneda
Palacio de la Moneda

 

Cerro Santa Lucia

Localizado no centro da cidade, o cerro (ou monte) é um dos vários parques urbanos de Santiago. Tem aproximadamente 629 metros de altura. De lá é possível ter uma vista de toda a cidade, além da Cordilheira dos Andes. Foi nesse monte que a cidade de Santiago foi fundada, em 1540. Posteriormente, durante a independência do Chile, foram construídos dois castelos em torno do monte. Há também uma imponente fonte chamada Fonte de Netuno, construída para diferenciar o Novo Chile do Chile Colonial. Paisagens lindas e muita história!

 

Fonte com Netuno, inspirada na Fontana Di Trevi de Roma
Fonte com Netuno, inspirada na Fontana Di Trevi de Roma
Detalhes de um antigo castelo
Vista do cerro
Detalhes do antigo castelo
Detalhes do antigo castelo
Uma das praças do cerro

 

Anúncio



Estádios

O Chile é bastante conhecido por seu futebol, apesar de nunca ter conquistado um mundial. Se você gosta do esporte, certamente gostará de conhecer algum estádio local. O Estádio Nacional do Chile, localizado no bairro Ñuñoa, é a nossa sugestão. Foi neste estádio que em 1962 o Brasil foi bicampeão mundial. A entrada é gratuita, ou seja, mais um motivo pra você conhecê-lo!

 

Estádio Nacional do Chile
Estádio Nacional por dentro

 

Outro estádio que vale a pena fazer um tour é o Monumental, do Colo-Colo – principal time do país. Localizado em Macul, foi projetado para ser um dos estádios da Copa de 1962, porém devido a um terremoto, sua inauguração foi adiada. Foi neste palco, em 1991, que o Colo-Colo se consagrou campeão da Libertadores da América contra o Peñarol. O tour guiado dentro do estádio é muito bom, passando pela sala de troféus, túnel dos campeões, vestuário e terminando dentro do campo. E o preço é justo: R$20.

 

Entrada do Estádio Monumental
Estádio Monumental por dentro
Sala de imprensa

 

Concha y Toro

Ir para o Chile e não visitar uma vinícola é como ir ao Rio de Janeiro e não conhecer o Cristo Redentor, não é? Por isso, nossa dica é visitar a Concha y Toro, uma das maiores e mais premiadas vinícolas do mundo e que fica pertinho do Centro. Você pode ir de metrô até a última estação da linha 4 (azul) e depois pegar um Uber (não custará mais que R$15) que ele te leva na porta da vinícola. A visita mais básica é um pouco salgada… cerca de 70 reais por pessoa. Mas tem lá as suas vantagens: conta com um guia que fala português, degustação de três tipos de vinho e uma bela taça da vinícola. Além disso, tem rótulos que você só encontrará lá! Então “abra a mão” para não se arrepender depois! hehehe 😀

 

Entrada da vinícola
Acesso à antiga casa do fundador.
Uva típica do Chile
Uma das degustações do passeio
Belas paisagens no tour
Onde os barris são armazenados
Casillero del Diablo. As garrafas mais antigas da vinícola estão aí! Alguém tem coragem?

 

Parque Quinta Normal

Curte museus? Esse é o lugar. O Parque, localizado próximo a estação central, abriga nada mais que CINCO museus! Museu de Arte Contemporânea, Museu de História Natural, Museu de Ciência e Tecnologia, Museu Ferroviário e Museu Infantil. Um melhor que o outro. Além disso, o Parque conta com espaços culturais, quadras esportivas, brinquedos para crianças, belíssimos jardins, piscina municipal, um lago com pedalinhos e uma estufa. É diversão para mais de um dia!

 

Jardins do parque
Museu de arte contemporânea

 

Museu Nacional de História Natural

Dentro do parque Quinta Normal, encontra-se um dos museus mais antigos da América. O Museu Nacional de História Natural do Chile conta com várias exposições permanentes e temporárias. No salão principal você verá um esqueleto gigante de uma baleia, além de vários animais embalsamados da coleção Grandes Mamíferos. A exposição permanente Chile Biogeográfico conta a história do Chile desde a origem do universo até  a atualidade, mostrando toda a biodiversidade encontrada naquelas terras. E para fazer você incluir o Museu no seu roteiro, saiba que a entrada é grátis! 😀

 

Entrada do museu
Evolução dos animais
Evolução dos animais
Ossada de uma baleia no salão principal.
Puma, um dos predadores que habitam o Chile
Yak, direto do Himalaia!
Vestimentas dos antigos povos que habitavam o Chile

 

Sky Costanera

Outra coisa que ficamos sabendo ao pesquisar sobre Santiago é que o maior edifício da América Latina fica lá! E melhor, você consegue subir até o terraço panorâmico onde terá uma vista inesquecível (se não houver muita poluição no dia da sua visita hehe) O edifício é muito moderno e abriga um shopping com as principais marcas mundiais e uma praça de alimentação com muuuitas opções. Caso queira subir até o terraço, terá que reembolsar mais ou menos R$75 por pessoa. Vale a pena? Só você poderá responder 😀

 

Sky Costanera
Vista da cidade. Ao fundo, os andes.
Cordilheira vista do alto da torre

 

Pátio Bellavista

Uma região com muitas opções de restaurantes, lojinhas de souvenirs e uma atmosfera diferenciada. O Pátio Bellavista é um excelente lugar para quem procura restaurantes para todos os gostos (e bolsos). Fica localizado em uma área super segura e de fácil acesso. Muitos turistas, inclusive, já buscam hotéis nessa região. Caso você esteja hospedado na região central, é super tranquilo ir caminhando até o Pátio.

 

Arredores de Santiago

Você consegue conhecer Santiago em três ou quatro dias, no máximo. Mas e depois? Saiba que na região de Santiago há muitas coisas para conhecer. Que tal colocar os pés no Oceano Pacífico? O passeio para Valparaíso e Viñas del Mar é uma excelente escolha. E o que você acha de esquiar? O Valle Nevado fica ali do lado! Gosta de vinho? Está no lugar certo! Há várias vinícolas ao redor da cidade! E águas termais, tem? Em Cajon del Maipo! Enfim, não tem desculpa para você deixar de conhecer a cidade e seus arredores 😀

E se você deseja fazer um desses passeios de maneira segura e tranquila, nossa recomendação é a Chile Premium Tours. A empresa possui esses (e outros) tours, além de oferecer com um atendimento excepcional (em português!). Sabe o que é mais legal? É que você terá acesso à informações exclusivas, por meio de um grupo que traz as melhores dicas de Santiago e região. Nós fomos e recomendamos!

 

Valparaíso
Valparaíso
Reloj de Flores em Viña del Mar
Cassino de Viña del Mar
Museu Fonk em Viña del Mar. Esse é um moai original!
Uma das praias de Viña del Mar
Reñaca

 

Marque um passeio com eles e diga que foi indicação do UmTour, que você terá um atendimento diferenciado! Bom passeio! 😀

Vai viajar para o Chile? Leia nosso post sobre 5 coisas que você deve saber antes de viajar para o Chile!

 



Booking.com

Santiago: as paradas obrigatórias na cidade

Uma ideia sobre “Santiago: as paradas obrigatórias na cidade

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: